NOSSA HISTÓRIA

1

Tudo começou em 1981: 3 casais, um grande pasto, 5 árvores e um sonho. O sonho de criar uma comunidade autossustentável, fraterna, com dezenas de famílias carentes. Cultivar a terra de forma comunitária.
Muita história aconteceu por aqui e poderíamos escrever um livro. Mas, como foi com Tini e Joop que a história continuou, é sobre ela que vamos contar…

1

joop-e-tiniTini                                     Joop

1

Joop e Tini, nossos pioneiros, são holandeses, mas foi no Brasil que suas histórias se juntaram. Aos 25 anos, ele trocou o sítio da família na Holanda pela agricultura de larga escala no Canadá. De lá, viajou em 1966 de Fusca para o Brasil, numa viagem que durou seis meses, para visitar seu tio que também era agricultor. Conheceu Tini que veio para cá em 1959, aos 11 anos, com toda sua família e muitos bulbos de flores. Joop decidiu então se estabelecer no Brasil. Casou-se com Tini e continuou seu trabalho na agricultura convencional. Com o passar do tempo, Joop foi-se incomodando cada vez mais com o uso de agrotóxicos, que provocavam a intoxicação de trabalhadores, morte de animais, além da contaminação do solo e dos rios. Preocupado com a saúde das pessoas, também ficou inconformado com a ideia de jogar veneno nos alimentos. Inspirado em livros como “Small is Beautiful” de Ernst F riedrich Schumacher, viagem à China e outros encontros inspiradores, Joop sentiu que realmente era hora de mudar!

Tini, por sua vez, incomodada com as desigualdades sociais, também queria fazer diferente. Os dois então, despertos pelo desejo de contribuir para “melhorar o mundo”,foram em busca de uma sustentabilidade social e ambiental. Decidiram mudar radicalmente: abandonaram uma estrutura financeiramente estável, familiares e amigos para começar, junto com mais dois casais, uma nova vida. Nasceu assim, em 1981, um dos sítios pioneiros de agricultura orgânica no Brasil: o Sítio A Boa Terra

1

a-boa-terra-antigo-2    *  Primeiro plantio de árvores.                                                             * Casa dos pioneiros quando chegaram.
1

Foi importante dar início ao Projeto com três casais para fazer o alicerce sobre o qual, depois, realizações marcantes puderam acontecer. Os sonhos foram sendo construídos juntos, quase que ao mesmo tempo…
<br>

<br>

1

    fullsizerender

Na área ambiental:

começaram com uma horta orgânica com distribuição de cestas na região – no começo, indo de carroça e depois de carro com uma carretinha atrás. Ao mesmo tempo, também deram início a uma marcenaria de móveis feitos de madeira de eucalipto para evitar o uso de madeiras nobres das florestas. Para terem estes eucaliptos para a marcenaria, plantaram um eucaliptal, que existe no sítio até hoje…

        *Joop no primeiro cultivo

1

1

1

1

reunioes-site

Na área social:

formaram a ATRAI – Associação dos Trabalhadores Rurais de Itobi –
em 1985.
Mais de sessenta famílias, na maioria trabalhadores
rurais, receberam, cada uma, um hectare de terra no Sítio, para
cultivar seus próprios mantimentos e vender o excedente para aumentar a renda familiar.
Produziam aqui, ao mesmo tempo, que continuavam o seu trabalho como diarista nas safras da região.

A ATRAI teve a terra em comodato até o ano 2000 quando então foi encerrada pelo fato de o preço do arroz ter caído muito com as grandes plantações no Rio Grande do Sul tirando a lucratividade da produção em pequena escala.
Foi a partir das reuniões da ATRAI que surgiu a Associação dos Sem Casa de Itobi: 107 famílias construíram suas casas em mutirão, inaugurando, em 1993, o Bairro da União em Itobi.
Além do financiamento dado pela Caixa Econômica Federal para uma casa de 21m², a associação recebeu muitas doações de pessoas, organizações e empresas da região e do exterior, o que possibilitou dobrar a casa de tamanho, com a construção de dois quartos.
Uma bela história de fraternidade!

1

1

1

*  Imagem de cima as primeiras entregas de carroça
*  Imagem de baixo reunião com o primeiro grupo de produtores orgânicos

 

Muitas coisas continuaram acontecendo, até que…
em 1992, ampliou-se a produção de hortaliças orgânicas, o que permitiu que uma pequena parte dos sócios da antiga ATRAI se tornassem produtores orgânicos, dentro do próprio sítio A Boa Terra.
Hoje cultivamos perto de 20 hectares sendo 10 hectares no próprio sítio e 10 hectares em uma terra mais alta, que chamamos de Serra, importante para o cultivo de hortaliças no verão.
Produzimos principalmente cenoura, beterraba, milho verde, abobrinha, rabanete, pimentão, berinjela, rúcula, alfaces, espinafre, couve, escarola, acelga e alho poró. Em 2013 começamos também um pomar com pés de laranjas, limão, manga, abacaxi e mexericas.

Em 2003, a filha mais velha, que por anos trabalhou como guia turística em viagens pelo Brasil, cansou de ver tanto descuido com a natureza: muito desmatamento, queimadas e lixo. Era preciso ensinar o amor à natureza e como cuidar dela. Haveria um lugar melhor para oferecer uma educação ambiental diferenciada que um sítio onde se pratica o amor à natureza com produção orgânica de alimentos e a preservação de uma reserva natural? Nasceu então A Boa Terra Centro de Ecologia.

Joop e Tini continuam vivendo no sítio inspirando e acompanhando os trabalhos. Porém, duas de suas filhas dão continuidade a essa história, formando a liderança do sítio, junto com uma equipe de líderes competentes. Hoje, nossa preferência de comercialização é por entrega de cestas orgânicas na porta de casa com a proposta de criar vínculos duradouros entre cliente, produtor e a natureza. Levando a uma relação mais próxima e a uma economia mais justa. Além da produção orgânica e comercialização de cestas na porta de casa, também recebemos grupos e projetos através do nosso Centro de Ecologia.

Alegria de olhar e ver o quanto já se construiu até hoje? Sim! Alegria! Desafios? Muitos! Mas o que impera é a Gratidão! Toda a gratidão por pessoas, inspirações, sementes, sol, chuvas, coragem e muitas mãos cuidadosas que já passaram, que continuam e que estão chegando por aqui. Juntos continuamos por mais muitos anos escrevendo essa Boa História!
A essência do sonho continua quando dizemos “Saúde para você. Vida para o planeta!”

1

Seja bem-vindo ao Sítio A Boa Terra!

 

Ao escolher receber orgânicos A BOA TERRA na porta de casa, você também começa a fazer parte dessa história! Um dos pioneiros na agricultura orgânica, entrega de cestas orgânicas na porta de casa e alfabetização ecológica no Brasil. Somos conhecidos, não só pela qualidade dos nossos produtos mas também pelo relacionamento próximo com os nossos clientes – criando laços entre quem produz e quem consome, com a natureza e com a beleza da simplicidade – fortalecendo o que chamamos de “comunidade A BOA TERRA!”

#façapartedessahistoria

Seja bem-vindo !